Renato Batista

A site of a sysadmin guy

Vivendo no Timor Leste

By zenatuz | 18 de March de 2015 | 1 Comment

tl

Viver em Dili, não é uma tarefa difícil, mas é necessário aprender a ser espartano em muitos aspectos. Depois de quase 1 ano por aqui posso falar um pouco sobre como tem sido minha adaptação por aqui por tópicos que considero essenciais.

Moradia

Há moradias para todos os gostos e bolsos, como a ONU e outras organizações estão por aqui há um tempo, é comum cobrarem preços bem caros. Preços variam de 500 a mais de 2 mil dólares, sendo que por 500 você não consegue muito mais que um quarto pequeno com banheiro e uma mini cozinha.

Se hospedar em Hotel, também não é muito barato, diárias iniciando a 40/50$, para longa estadia pode-se conseguir desconto pra 30$, mas ainda assim não sai muito em conta pois os hotéis baratos também não são tão bons.

Apesar do preço, a grande maioria dos aluguéis já tem incluso serviço de lavanderia, limpeza, alguns com Internet e TV também inclusos, então se botar na ponta do lápis, pode sair mais em conta um aluguel mais caro do que economizar e contratar os serviços separadamente.

Transporte

Resume-se a ter seu próprio veículo ou utilizar-se de taxis ou utilizar o transporte público, as microletes, uma espécie de mini-van que é utilizada pelos locais na grande maioria das vezes.

Taxis não são limpos (inclusive a grande maioria dos motoristas lava o taxi com água de valas na rua), mas tem bons preços, uma viagem de 5km sai em média 3 a 5$. Uma informação importante é que praticamente não se encontra taxi a noite, com raríssimas exceções as vezes parados em porta de shopping, alguns restaurantes ou aeroporto.

Em contra partida, os preços de veículos são bem atrativos. Uma noto nova Honda 110cc pode ser encontrada por 1.100$. Carros são anunciados constantemente com bons preços, a partir de 4.000$. Dependendo do tempo que vai passar por aqui, vale a pena o investimento de um veículo. Eu optei por uma moto pois nem preciso andar muito assim.

Combustível pra moto também é muito barato, o tanque cheio sai em média 3,50$ e dura uma semana. 😛

Existem 2 formas de se entrar no país, por via terrestre ou aérea. Mas a melhor forma é via aérea com voos diários para Indonésia (Bali)  e de 3 a 4 vezes para Austrália e Cingapura.

Lazer

Opções de lazer existem, mas não são variadas. Dili lembra uma cidade de pequena, apesar de ter seus 200mil habitantes incluindo muitos de outras nações. Ainda assim possui muitos restaurantes, academias, cafés, massagens, um pequeno shopping incluindo um cinema.

Para os esportistas há algumas opções como futebol, tênis, corrida, ciclismo, mergulho, snorkeling, etc.

Voos para Bali não são caros, ida e volta comprados com antecedência saem na faixa de 250$ então pode ser interessante viajar pra lá em algum feriado prolongado.

Segurança

Dili não é um lugar violento, acredito que a taxa de criminalidade seja menor do que qualquer capital brasileira, falo isso vindo de Goiânia onde vivia assustado. É claro que crimes acontecem, muitos deles são cometidos com a própria população. Expatriados não estão isentos mas em geral são acometidos por crimes menores como furto.

Saúde

Aqui vale uma atenção especial, existem hospitais e clínicas que podem ser utilizados para casos rotineiros ou menores, mas se houver alguma complicação é bom que se tenha um bom seguro de saúde com um item obrigatório, evacuação de emergência, onde você ou seu familiar poderá ser levado a Cingapura ou Austrália para casos graves.

Caso não tenha um seguro saúde com evacuação, é bom que se tenha muitos dólares sobrando na conta, pois uma viagem assim sai muito caro, no mínimo uns 15 mil (o transporte), sem contar os custos com cirurgias e internações.

 Comunicação

Ahh, esse é um dos que mais sinto falta, privar internet de um cara de TI é praticamente tortura. Mas, o bom do ser humano é que você acaba se adaptando.

Internet por aqui é cara e com baixa qualidade, para entender o nível do serviço, as vezes ssh não funciona usando a rede da maior operadora local, Timor Telecom, que é uma afiliada da Portugal Telecom. A lentidão acredito que seja por que quase todos os links internacionais são via satélite, não há nenhuma fibra óptica ativa conectando o país aos seus vizinhos. Porém, há uma luz no fim do túnel, pois o governo está estudando conectar o país a Indonésia, Austrália e Cingapura com fibra óptica.

Internet TT

Pacotes de internet

Ligações telefônicas são baratas, é possível ligar para celulares no Brasil por 10 minutos e gastar em média de 1 a 2$. Ligações locais então são infinitamente mais baratas. 🙂

Cansei, existem mais assuntos, mas estes são os que considero principais pra viver tranquilo por aqui. Aos poucos vou alimentando melhor com mais fotos e exemplos.

1 Comments

Leave a Reply